Importância da Gestão Pública capacitada

Servidores públicos: a necessidade de uma capacitação em gestão pública para um atendimento de excelência ao cidadão.

O Brasil nos últimos anos teve um considerável crescimento no número de servidores públicos, em todos os Entes Federados. Especificamente no que tange aos Municípios o aumento é muito expressivo, visto que de 2001 a 2014 o percentual foi de 66,7%, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), estudo publicado em agosto de 2015. A pesquisa denominada “Perfil dos Estados e Municípios Brasileiros 2014” informa que em 2001 o país possuía 3,9 milhões de servidores públicos municipais e em 2014 cerca de 6,5 milhões.

Um dos dados coletados pelo IBGE refere-se aos municípios com mais servidores em relação à população, destacando-se o Estado de Minas Gerais, vez que contempla 03 das 05 cidades com maior proporção de funcionários públicos. Contudo, o aumento dos servidores não significou melhoria na prestação do serviço público, situação que não pode ser mantida, já que a função daqueles é atender o povo, elemento material constitutivo imprescindível do Estado.

A Constituição da República Federativa de 1988 estabelece princípios obrigatórios da administração pública, dentre eles o da eficiência, de suma importância para um serviço eficaz ao cidadão. Segundo Hely Lopes Meirelles:

Dever de eficiência é o que se impõe a todo agente público de realizar suas atribuições com presteza, perfeição e rendimento funcional. É o mais moderno princípio da função administrativa, que já não se contenta em ser desempenhada apenas com legalidade, exigindo resultados positivos para o serviço público e satisfatório atendimento das necessidades da comunidade e de seus membros. (MEIRELLES, 1997, p. 90).

Não restam dúvidas que para uma concretização do princípio da eficiência o elemento humano do Estado, qual seja o servidor público – agente político, estatutário, celetista ou de livre nomeação – precisa se atentar para a relevância da sua função, com vistas a exercê-la de forma produtiva, com o mínimo de erros e ônus para os administrados.

Para tanto, deve-se investir na capacitação daqueles que prestam serviço à população, já que a grande parte dos ocupantes de cargos públicos não possui qualificação técnica e/ou científica para a função designada. É valido destacar que tal situação se constata inclusive com servidores estatutários, vez que o conhecimento exigido nos concursos públicos nem sempre condiz com a vida profissional prática.

Assim, faz-se necessária a busca pela qualificação, com treinamento e preparo dos servidores, mediante o investimento em gestão pública, para que se alcance uma administração pública eficaz e célere, em prol de um atendimento verdadeiramente qualitativo ao cidadão.

Referência:

MEIRELLES, Hely Lopes. Direito Administrativo brasileiro. 22 ed. São Paulo: Malheiros, 1997. p. 90

 

Gabriella de Castro Vieira

Advogada e Professora Universitária. Possui graduação em Direito – Faculdades Milton Campos (2003). Atualmente é advogada da OSCIP – Movimento das Donas de Casa e Consumidoras de MG, professora do Curso de Direito da Faculdade Pitágoras de Belo Horizonte; Membro da Comissão de Defesa do Consumidor da OAB/MG e Mestranda na Escola Superior Dom Helder Câmara em Direito Ambiental e Desenvolvimento Sustentável. 

Dra. Gabriella atua também na Zuriel dando suporte e apoio em todas as nossas ações, auxiliando também na orientação das melhores práticas e aplicações da Lei para os nossos clientes e suas publicações. Quando o assunto for acompanhamento jurídico, conte conosco!

http://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv94542.pdf

2016, um ano de bençãos

O ano de 2016 foi muito abençoado para a Zuriel, pois, mesmo com todas as dificuldades do ano fomos agraciados com diversas conquistas.

logo-horizontal-colorida-sem-assinaturaOs treinamento e renovações de nossa equipe foram essenciais para as melhorias que geraram o reconhecimento recebido de nossos clientes e parceiros pelos serviços prestados.

No ano de 2016 caminhamos ao lado de nossa consultoria, a Signa, responsável por nos auxiliar para que alcançássemos o patamar de gestão em que nos encontramos hoje.

Também tivemos a felicidade de sermos coroados com nossa nova sede, aconchegante e moderna, foi pensada para otimizar nosso dia a dia e melhorar ainda mais nosso atendimento.

Além de todas essas conquistas, também fomos abençoados com a possibilidade de ajudar ao próximo.

E como não fazemos nada sozinhos, contamos com a ajuda de nossos colaboradores, parceiros e amigos para promover um final de ano mais feliz para diversas crianças carentes do Instituto Ide Brasil.

Agradecemos a todos os que contribuíram com nossa jornada durante o ano e somaram esforços na construção da história da Zuriel.

E acima de tudo agradecemos a Deus por nos possibilitar superar obstaculos, vencer dificuldades e espalhar o bem.

Você Sabia que empresas e cooperativas de grande porte, inclusive as limitadas, são obrigadas a publicar balanços?

Desde abril de 2015 é exigido por lei que sociedades empresárias e cooperativas consideradas de grande porte, inclusive as sociedades limitadas, publiquem o balanço anual e os relatórios da administração para registro em jornal de grande circulação da sede oficial e no Diário Oficial do Estado.

A obrigatoriedade está na Deliberação nº 02/2015  da Junta Comercial de São Paulo (Jucesp), que foi fundamentada nos termos da Lei 11.638, de 2007 que exige das sociedades de grande porte a observância das disposições da Lei 6.404, de 1976 sobre a escrituração e elaboração de demonstrações financeiras e a obrigatoriedade de auditoria independente por auditor registrado na Comissão de Valores Mobiliários – CVM. Apesar de ter sido aprovada em São Paulo e válida em todo o país, desde 2010 a Junta Comercial do Estado de Minas Gerais (Jucemg) havia criado a Instrução de Serviço IS/03/2010 que se resume em uma orientação técnica no sentido da exigência do cumprimento da Lei 6.404/1976, com as alterações introduzidas pela Lei de 2007.

Segundo esta última Lei é considerada de grande porte a empresa ou conjunto de sociedades sob controle comum que tiverem, no exercício anterior, ativo total superior a R$ 240 milhões ou receita bruta anual superior a R$ 300 milhões. Segundo especialistas, a medida para as publicações alcança inclusive um grande número de multinacionais que são limitadas.

As empresas que se enquadram na deliberação têm até quatro meses, após o término do exercício social do ano vigente, para aprovar suas demonstrações financeiras. Essa demonstração deve ser feita anualmente e como a maioria das empresas encerram o exercício em 31 de dezembro, elas tem até 30 de abril de 2016 como prazo desse ano.

Segundo advogados e reportagens pesquisadas quem não fizer as publicações não conseguirá registrar nas juntas a aprovação das demonstrações financeiras do último exercício. E sem esse registro, as empresas poderão ser impedidas de obter empréstimos, participar de licitações ou obter autorização para contratos de câmbio, entre outros gerando consequências até para os sócios uma vez que a empresa estará irregular, sujeita à desconsideração da personalidade jurídica.

Para evitar tais transtornos a Zuriel Publicidade e Serviços presta atendimento para toda a questão de elaboração, diagramação, orçamentos, prazos, publicação e acompanhamento de seus balanços e demonstrações perante a Lei. Com uma equipe capacitada damos suporte jurídico, técnico e de relacionamento com jornais de grande circulação e Diários Oficiais do Estado, no qual temos parceria garantindo o melhor orçamento para sua empresa. Quando o assunto é Publicações Oficiais e Matérias Legais, a Zuriel tem a melhor solução.

Novembro Azul

O movimento do Novembro Azul surgiu na Austrália em 2003, chamado era conhecido como Movember, aproveitando as comemorações do Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata, realizado a 17 de novembro.

Desde então a campanha se espalhou pelo mundo inteiro e visa conscientizar os homens sobre os ricos do câncer de próstata e a importância dos exames para diagnóstico.

Câncer de próstata é um tumor que se desenvolve quando as células da glândula da próstata se multiplicam e crescem descontroladamente. É mais comum em homens entre 40 e 60 anos de idade e é o segundo câncer que causa mais mortes no Brasil.

A Zuriel Publicidade e Serviços apoia a campanha do Novembro Azul.

A Zuriel Publicidade e Serviços apoia a campanha do Novembro Azul.

Segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA), o câncer de próstata é a segunda causa de óbitos por câncer em homens, sendo superado apenas pelo de pulmão.
Por isso é tão importante que todo homem com mais de 40 anos consulte regularmente o urologista.

Em 2016, aproximadamente 60 mil novos casos de câncer de próstata devem ser confirmados no Brasil segundo o INCA.

Só existe um modo seguro de se curar o câncer da próstata: descobrindo-o precocemente, ou seja, submetendo-se ao exame preventivo.

CÂNCER DE PRÓSTATA: É PRECISO TOCAR NESSE ASSUNTO!

A importância da diagramação

Zuriel possui diagramação profissional

Você sabe qual a importância de uma boa diagramação?

Além de atrair o texto para a leitura, cria credibilidade no que foi veiculado pelos jornais. A Zuriel Publicidade e Serviços possui um setor de diagramação formado por três profissionais: Fernanda Duarte, Hannatha Guimarães e Welisson Lagares.
A nossa equipe é responsável pela edição, correção e adequação dos textos de acordo com as exigências de cada jornal. Nossos profissionais filtram os erros e os textos são publicados corretamente e com total eficiência. Dessa forma, as publicações ficam dentro do padrão, facilitando a interpretação.
A diagramação é essencial no trabalho da Zuriel, pois publicações de atos oficiais é um ato constitucional e deve atingir todos os públicos. Sem este setor, os textos podem ser publicados sem coerência e com erros ortográficos, prejudicando a credibilidade do que foi publicado.
Além de todo esse profissionalismo, com Zuriel Publicidade e Serviços nossos clientes tem redução de custos, pois todo o trabalho de diagramação é feito dentro da própria agência.

Sindicatos e associações: publiquem com a Zuriel

sindicatos

 

Para garantir a transparência na prestação de contas, os sindicatos publicam o balanço patrimonial da entidade. O documento reúne as principais informações sobre as ações financeiras e patrimoniais dos órgãos do terceiro setor. Entre as informações do balanço, estão patrimônio, despesas, receitas e o demonstrativo de bens patrimoniais.

O balanço é um instrumento de gestão e de informação que evidencia, de forma mais transparente possível, informações contábeis, econômicas, ambientais e sociais da entidade.

Além disso, publicamos convocações, atas, editais e todas as publicações oficiais de sua instituição. Entre em contato com a Zuriel Publicidade e Serviços e solicite um orçamento.

Trabalhamos com qualidade e pontualidade, garantindo diagramação e formatação ideais para as publicações.